ÍNDICE (A-Z)

Category: Poemas

Abismado

26/04/2003 by in category Poemas tagged as , ,

Dia após dia  ele caminhou até a beira do abismo e pulou.  Passo após passo  ele caminhou até a beira do abismo e pulou.  Vez após vez  ele caminhou até a beira do abismo e pulou.  Até que parou.  — Por que parou? — perguntei. — Não tenho mais medo  — ele respondeu.

0 0 Read more

Acredite

26/04/2003 by in category Imperativos, Poemas, Vídeos tagged as , ,

Acredite no que quiser: você é livre para isso. O que vem para você, vem só para você. É convite vip, ninguém recebe o mesmo. O que vem para você, é semente de você mesmo. É o apito do trem louco. O que vem, o que vem, o que vem é chamado para novas estações. Se você acredita no que […]

0 0 Read more

Admita

26/04/2003 by in category Imperativos, Poemas, Vídeos tagged as , , , ,

Primeiramente admita seu medo de admitir coleira que controla o limite da sua sinceridade. Segundamente admita que mente que mentiu ontem quando disse à João que Pedro mora no seu coração de pedra. Admita seu espírito de porco anti-olímpico que não sabe perder mas finge que sabe. Admita que várias vezes várias vezes várias vezes inclusive agora tem […]

0 0 Read more

Aguá e sabão (poema)

26/04/2003 by in category Poemas tagged as , , , ,

Tudo amolece com água e sabão ela diz sem aspas sem trema escrevendo em cada prato um poema. Tudo tem jeito até para o que não tem ela diz embrulhando mamão em papel laminado sem pauta sem margem fazendo de si uma figura de linguagem.

0 0 Read more

Alma randômica

26/04/2003 by in category Poemas tagged as , , , ,

Nasci ontem. Quando fiz dez anos completei dezoito. Minha adolescência foi dos sete aos noventa e doze. Aos treze játrinta e cinco. Dos onze sete pulei para quinzentose depois paracinquenta vinte. Assim são meus dias enquanto o corpo faz aniversário em linha retaa alma randômica.Por que? Não sei.Só sei que faz e se desfaz e que entre o pulmão que inspira […]

0 0 Read more

Amor gramátical

26/04/2003 by in category Poemas tagged as , ,

Se tivesse um pingo de consoante por mim vírgula eu exclamaria dois pontos na mesma linha acento agudo volta mas você travessão na rua fechou aspas e foi embora.

0 0 Read more

Amor é…

26/04/2003 by in category Poemas tagged as , , ,

Amor é…  pá re li gi ão pá po e sia pá po lí ti ca pa po fu ra do! Meu amor por você luta contra  seu amor por mim. Amor é… o que nos separa.

0 0 Read more

Antes de escrever poesia

26/04/2003 by in category Poemas, Vídeos tagged as , , ,

Antes de escrever poesia  aprenda a dançar samba, para os dias da semana  reggae, para os dias de sol  tango, para os dias de lua cheia sinta a poesia dos pés a cabeça  enquanto ela passa pela sua coluna. Antes de escrever poesia aprenda a beber água  sinta a falta de gosto sinta a falta […]

0 0 Read more

Árvore árvore

26/04/2003 by in category Poemas tagged as , , ,

A chuva molha. O homem vai para debaixo da árvore. A árvore árvore. O sol esquenta. O homem fica na sombra da árvore. A árvore árvore. A fome aperta. O homem pega o fruto da árvore. A árvore árvore O cansaço bate. O homem deita embaixo da árvore. A árvore árvore. Os filhos nascem. O […]

0 0 Read more

Atualizando a felicidade

26/04/2003 by in category Poemas tagged as , ,

Limpe o cashe delete os arquivos medo.exe e tem.que do navegador edite o perfil rasgue os contratos apague os links com corretor. Ligue para o provedor marque uma consulta vá até o paraíso e pague a multa quer dizer, a dívida quer dizer, a dúvida quer dizer, di e du fique só com a vida. Coloque os fantasmas […]

0 0 Read more
© 2017 · Marcelo Ferrari