Para entender de futebol

11/04/2003 by na categoria Poemas, SHFC, Vídeos tagged as , , with 0 and 0

Para entender de futebol, é preciso estar embriagado. Não necessariamente de bebida alcoólica, mas qualquer fluido que faça a boca espumar: angústia, desejo, deslumbramento.

Para entender de futebol, é preciso dar porrada na cadeira, é preciso dar cadeirada na mesa, é preciso dar mesada na parede, é preciso dar tudo de si em troca de nada de mais.

Para entender de futebol, é preciso dar apelidos humilhantes para cada um dos jogadores do time adversário, é preciso ter um coração médio volante, uma cabeça de área e um nervo com tiro de meta.

Para entender de futebol, é preciso ter prazer ao xingar a mãe do juiz, ter prazer ao mandar o bandeirinha tomar no cu, ainda que – e sobretudo se – a culpa não for desse filho-da-puta.

Para entender de futebol, é preciso ter contas para pagar na marca do pênalti, muitas dores para driblar, amigos do peito para fazer tabelinha.

Para entender de futebol, é preciso acreditar até os 46 minutos do terceiro tempo, é preciso saber que um jogo só acaba para o próximo começar.

Para entender de futebol, é preciso amar condicionalmente o gol e incondicionalmente a bola.

Pai ausente
Paradoxo da segunda redação
© 2018 · Marcelo Ferrari