SÉRIES


ÍNDICE A-Z

P
S

Jacarepaguá

22/04/2003 by in category Prosa tagged as , , with 0 and 0

Só aos 14 anos, quando meus pais me mudaram para São Paulo, descobri que existia guitarra. O rock mais pesado que tocava na minha vitrola era Estúpido Cupido. “Bbbbbbbbrrrrrrrrrrrrrr! Eu vou pra Jacarepaguá!”. Adorava essa frase! Meu lance com música era (sempre foi) com as palavras e não com as notas. A primeira vez que percebi isso foi durante um ensaio com uma banda que participava. Cantei um pedaço de uma das nossas músicas e o guitarrista me perguntou: “Que música é essa?”. Fiquei atônito! O cara já tinha tocado aquela música uma centena de vezes. Expliquei que era uma música da banda. Cantarolei novamente. Ele reconheceu a melodia e disse que nunca tinha prestado atenção na letra. Abri a geladeira e uma luz se acendeu dentro de mim. Entendi que música é um refrigerante de consumo bipolar. Tem pessoas que ouvem palavras engarrafadas em notas e tem pessoas que ouvem notas engarrafadas em palavras. Qual é o normal? Bbbbbbbbrrrrrrrrrrrrrr!

© 2020 · Marcelo Ferrari