SÉRIES


ÍNDICE A-Z

C
P

Daily Archives: 10/04/2003

Quando

10/04/2003 by in category Músicas, Poesia tagged as , , ,

Quando eu não entendo eu respeito Quando tem de ser dá-se um jeito Quando a água bate no peito Quando é o pulo do gato Quando a vida vai, eu vou atrás Quando a vida vai, eu vou Quando a vida vai, eu vou atrás Quando a vida vai eu vou Quando vem de dentro […]

0 0 Read more

Quando deus atinge a iluminação

10/04/2003 by in category Prosa, Vídeos tagged as , , ,

Tudo começa quando o despertador toca as 6:27 da manhã. Crianças acordam, apenas acordam. Adultos não. Adultos controlam o tempo. Adultos acordam as 6:27. E como se não bastasse, as 6:43, já sabem se vai chover na França, que teve terremoto de escala 3,2 na China, que aumentou o preço da gasolina e o que […]

0 0 Read more

Quando meu povo samba

10/04/2003 by in category Músicas, Poesia tagged as , , ,

Quando meu povo samba o chão estremece o pandeiro na mão divide o tempo no cavaco um lamento me lembra João que toca por vocação mas não faz o sustento Quando meu povo samba é pura alegria fato e fantasia numa só avenida ver meu povo sambando me lembra Maria misturando iguarias pra fazer a […]

0 0 Read more

Quando o amor começa

10/04/2003 by in category Prosa tagged as , ,

“O amor começa quando aprendemos a ouvir o outro”, ela disse. Virei as costas e saí da frase. Só que a frase não saiu de mim. Grudou. Virou um trava língua dentro da minha cabeça. “O amor começa quando aprendemos a ouvir o outro começa quando o amor aprendemos a ouvir o amor quando começa outro […]

0 0 Read more

Quanto é preciso para ser feliz

10/04/2003 by in category Músicas, Poesia tagged as , ,

Quanto é preciso para ser feliz? Um, dois, três, quatro, cinco, seis, conte outra vez Saci pererê pula numa perna só De alegria canta o galo carijó Quanto é preciso para ser feliz? Dó, ré, mi, fá, sol aqui, sol acolá Piui! Piui! Faz o trem pelo caminho De alegria canta o sapo e o […]

0 0 Read more

Quase

10/04/2003 by in category Músicas, Poesia tagged as , , ,

Quase é sempre quase Quase não leva a lugar nenhum Quase é quase nada Quem tem um quase quase que tem um Quase consegui nadar pode significar afogamento quase que fui dessa pra melhor pode crer que ainda estou sobre o cimento Quase que eu cai e só por isso ainda estou de pé Quase […]

0 0 Read more

Quatro estações do amor

10/04/2003 by in category Poesia tagged as , ,

PRIMAVERA A porta abre Você olha para ela Ela não nota Está pensado na lingerie Você está atrasado Nuvens políticas na cabeça Equilíbrio no salto alto Damas primeiro Dois corpos no espaço Costas contra costas A vida é rua! VERÃO A porta abre Você olha para ela Holofotes nos ombros Ela pensa na lingerie Você […]

0 0 Read more

Quem é

10/04/2003 by in category Músicas, Poesia tagged as , ,

Quem é não precisa mentir Quem mente não percebe o buraco que está se metendo pacto com o diabo cachorro correndo atrás do rabo Quem é não precisa pedir permissão para ser ou não ser  para fazer ou não da sua vida o que bem ou mal entender Quem quer de doer no osso Quem […]

0 0 Read more

Quem não é puta levante a mão

10/04/2003 by in category Prosa tagged as , ,

Na prática, todos fazemos sexo. Pelo menos todos que fazemos, fazemos. Na teoria, quem faz sexo para matar a fome de sexo, é praticante, quem faz sexo para a matar fome de arroz, feijão, bife à milanesa ou bolsa da Louis Vuitton, é puta. Por que a diferença teórica se a prática é a mesma? […]

0 0 Read more

Quero beijar um homem

10/04/2003 by in category Prosa tagged as , ,

Acordei com vontade de beijar um homem. Não saí do armário. É saudades do meu pai. Saudades de brincar de plástico bolha com o lóbulo da sua orelha. Quantas histórias! Vou contar uma que marcou minha alma e seu corpo. Uma que começou com uma carreata de sorveteiros. Uma loja estava sendo inaugurada perto de casa. Fui participar da distribuição gratuita […]

0 0 Read more
12
© 2020 · Marcelo Ferrari