Vida de barbeador

05/04/2003 by in category Diálogos, Vida das Coisas tagged as , , with 0 and 0

Conversando com um barbeador.

— Você nem tem barba ainda.
— Ooooh! Respeita Januário!
— Januário é seu pai, você é Junior.
— Barbeador é prestobarba, você é bic.
— Tá menstruada, é!
— Não! Mas se você não me ajudar aqui, vou sangrar do mesmo jeito.
— Tá fazendo a barba pra que?
— Vou sair.
— Todo dia você sai. 
— Não é sair assim. Tenho um encontro.
— Com quem?
— Não é da sua conta.
— Cuidado como fala comigo que estou passando pelo seu pescoço.
— Está me ameaçando é???
— Brincadeira! Mas larga de ser chato, com quem é o encontro?
— Com a Maria.
— A Maria Eduarda!!??
— Ela mesmo.
— Do terceiro andar.
— Isso!
— Filha do Seu Joaquim?
— Isso!
— Dono da Padaria da esquina.
— Ela mesma! A Maria Eduarda, do terceiro andar, Filha do seu Joaquim, dono na padaria da esquina… Pronto acabei!
— Acho melhor você me levar com você.
— Levar você comigo??? Por que?
— De barba e bigode eu entendo. Confia em mim. Me leva no bolso. 

Leia mais:
Boboware E se felicidade for spam que seu outlook deleta sem abrir. E se felicid...
Pedro pedreiro Pedi para tirar as botas ortopédicas. Queria brincar na terra. Foi nesse m...
Vida de saco de supe... Conversando com um saco de supermercado. — Você sabe que não fui feito pr...
Espalhe a palavra!

Marcelo Ferrari


Nasci ontem. Quando fiz dez anos, completei dezoito. Tenho um chinelo azul com alça vermelha que não serve para poesia. Escrevo o que a inspiração põe e a expiração tira. Não uso heterônimos, sou usado por eles. Só sei ser sendo, dançar dançando, escrever escrevendo e ferrari ferrariando. Minha literatura não é pá pum e pronto! É pá pum escreve. Pá pum lê. Pá pum edita. Pá pum relê. Pá pum reedita. Pá pum rerelê. Pá pum rereedita. Até que pá puta que pari! Nunca estarei ponto! E pronto! Me imagine tocando violão. Sempre. Ininterruptamente.

emailferrari@yahoo.com.br
 

    


© 2017 · FERRARIANDO · Marcelo Ferrari
Scroll Up