Vida de barbeador

05/04/2003 by in category Diálogos, Vida das Coisas tagged as , , with 0 and 0

Conversando com um barbeador.

— Você nem tem barba ainda.
— Ooooh! Respeita Januário!
— Januário é seu pai, você é Junior.
— Barbeador é prestobarba, você é bic.
— Tá menstruada, é!
— Não! Mas se você não me ajudar aqui, vou sangrar do mesmo jeito.
— Tá fazendo a barba pra que?
— Vou sair.
— Todo dia você sai. 
— Não é sair assim. Tenho um encontro.
— Com quem?
— Não é da sua conta.
— Cuidado como fala comigo que estou passando pelo seu pescoço.
— Está me ameaçando é???
— Brincadeira! Mas larga de ser chato, com quem é o encontro?
— Com a Maria.
— A Maria Eduarda!!??
— Ela mesmo.
— Do terceiro andar.
— Isso!
— Filha do Seu Joaquim?
— Isso!
— Dono da Padaria da esquina.
— Ela mesma! A Maria Eduarda, do terceiro andar, Filha do seu Joaquim, dono na padaria da esquina… Pronto acabei!
— Acho melhor você me levar com você.
— Levar você comigo??? Por que?
— De barba e bigode eu entendo. Confia em mim. Me leva no bolso. 

Leia mais:
Sofrimento monossilá... Sei que você mente quando diz "okei" Sei que você sabe que eu sei  e...
Colírio colorido Luzes da china piscando na árvore de natal.  Abre câmera, plano geral.  Du...
Inferno de Dante Olho para o chão procurando ver o céu inferno de Dante torre de Bab...
Espalhe a palavra!

Marcelo Ferrari


Nasci ontem. Quando fiz dez anos, completei dezoito. Tenho um chinelo azul com alça vermelha que não serve para poesia. Escrevo o que a inspiração põe e a expiração tira. Não uso heterônimos, sou usado por eles. Só sei ser sendo, dançar dançando, escrever escrevendo e ferrari ferrariando. Minha literatura não é pá pum e pronto! É pá pum escreve. Pá pum lê. Pá pum edita. Pá pum relê. Pá pum reedita. Pá pum rerelê. Pá pum rereedita. Até que pá puta que pari! Nunca estarei ponto! E pronto! Me imagine tocando violão. Sempre. Ininterruptamente.

emailferrari@yahoo.com.br
 

    


© 2017 · FERRARIANDO · Marcelo Ferrari
Scroll Up