ÍNDICE (A-Z)

Tag: Você

Anel de Clarice

26/04/2003 by in category Contos tagged as , , , ,

Clarice está procurando um anel. Na verdade, não é Clarice que está procurando, é sua personagem. Ela procura nas gavetas, nos armários, em todo lugar, até desistir. Assim que desiste, vai até a cozinha tomar chá e encontra o anel dentro de uma xícara. Não é exatamente assim, mas imagine assim mesmo, é suficiente. Depois […]

0 0 Read more

Carta do filho da puta

24/04/2003 by in category Poemas tagged as , , ,

Homem, venho lhe pedir respeito com esses peitos que está chupando com volúpia e também com o entorno onde enfia o pau pois é o forno quente de onde vou sair para ser gente. Homem, entendo seu ponto de vista e entendo que não pode ter outro uma vez que um ser outro é vã […]

0 0 Read more

Confissão do Tio Patinhas

24/04/2003 by in category Crônicas tagged as , , , ,

Deixe-me adivinhar! Você deixou de ler os quadrinhos para ler os editoriais. Trocou a disputa de quem tem o cabelo mais comprido por quem tem o cargo mais alto. Fez pano de prato com a camiseta do Led Zeppelin e começou a dormir de pijama. Passou a repetir para seus filhos as mesmas frases feitas […]

0 0 Read more

Errar faz parte

22/04/2003 by in category Músicas tagged as , , ,

Errar faz parte da mesma moeda É a única coisa certa até se provar contrário E o contrário também é certo E assim por diante sempre a mesma variante É por isso que um errante nunca pode estar errado até o próximo instante Errar faz parte de estar certo Maneira de descobrir o que se […]

0 0 Read more

Eu maior

22/04/2003 by in category Contos tagged as , ,

Você estava pelado no meio da praça desafiando o comércio e o bom-senso. Me aproximei. Seu olhar era distante de tudo menos de mim. Você me encarou como se estivesse me esperando há séculos, sorriu e colocou um envelope em minhas mãos. Depois sumiu na multidão. Sentei na escadaria encardida da praça. Abri sua carta. […]

0 0 Read more

Eu vejo você

22/04/2003 by in category Poemas tagged as , ,

Quando seu olhar tornou-se estranho? Como meu olhar retornou parede? Por que os olhos entornam estanho se nosso olhar sede? Quando seu olhar ficou ausente? Como meu olhar estelionato? Por que os olhos apenas lentes se nosso olhar contato? Quando seu olhar me alfinete? Como meu olhar cabra-cega? Por que os olhos vodu se nosso […]

0 0 Read more

Exatos, biológicos e humanos

22/04/2003 by in category Poemas tagged as , , , ,

Somos todos euclidianos  em geometria na prática  a geometria  é outra. Somos todos insanos  em psicologia na prática  a psicologia  é outra. Somos todos mundanos  em teologia na prática  a teologia  é outra. Somos todos americanos  em geografia na prática  a geografia  é outra. Somos todos humanos em antropologia na prática  a humanidade é outra.

0 0 Read more

Livro da vida humana

15/04/2003 by in category Poemas tagged as , , , ,

Sofremos até a página sete. Amamos o próximo até a página três. Temos certeza absoluta até a página dois. Gostamos de peixe cru até a página nove. Achamos fulana linda até a página cinco. Conversamos como adultos até a página seis. Pensamos na crise política até a página oito. Acreditamos no ser humano até a página quatro. […]

0 0 Read more

Louco como nós

15/04/2003 by in category Músicas tagged as , , , ,

Se você é tão louco como nós então deixe transpirar seus sentimentos O que você tem É claro que ninguém pode ser e não ser Por que você se isola? Por que se controla? Você não consegue nem viver nessa paranoia O que te detêm? Tem medo de quem? Você quer? Ou não quer? Por […]

0 0 Read more

Orema do cabimento

12/04/2003 by in category Oremas, Poemas tagged as , , ,

Não sei o comprimento do meu caminho sei que cabe em mim e cabe a mim o cabimento do cumprimento. Não sei se é curto meu caminho sei que cabe em mim e cabe a mim o cabimento do curtimento. Não sei se é só meu caminho sei que cabe em mim e cabe a […]

0 0 Read more
12
© 2017 · Marcelo Ferrari