ÍNDICE (A-Z)

Tag: Um

Cada poeta

24/04/2003 by in category Poemas tagged as , , ,

Cada poeta tem seu jeito de ir longe no perto e abrir deserto. Cada poeta tem seu jeito de dar nó em milagre ensaboado. Cada poeta tem seu jeito de ficar desapontado feito grafite. Cada poeta tem seu jeito de ver chifre em cabeça de intervalo. Cada poeta tem cem jeitos de consertar o perfeito com a unha.

0 0 Read more

Desabrochar da Azalucélia

23/04/2003 by in category Poemas tagged as , ,

Desisto! Não sou oca não sirvo para espeto nem flauta tenho cor perfume uso saia. Nada contra! Apenas a semente vem antes da ideia e não nasci azaleia para viver igual bambu.

0 0 Read more

Deus (nascimento e óbito)

23/04/2003 by in category Poemas, Vídeos tagged as , , ,

Quando deus faz aniversário? Quantas velas têm sobre o bolo? Quem canta parabéns? Para quem deus oferece a primeira fatia? Quem prepara a mamadeira de deus? Quem troca sua fralda? Quem se preocupa com sua febre alta? Quem canta para deus dormir? Qual a primeira palavra que deus aprende? Quem escuta e corrige a pronuncia? […]

0 0 Read more

Erre

22/04/2003 by in category Imperativos, Poemas, Vídeos tagged as , , , , ,

Erre! Com dois erres. Com todas as letras. Mije fora do vaso. Mire fora do alvo. Ninguém nasce pecado original para viver de fotocópia. E dai que os cisnes são brancos? E dai que o patinho é feio? Pato, pateta, patético, é ser morador do infinito e nadar em fila indiana. Erre-se! É sua chance […]

0 0 Read more

Ovo ou galinha?

12/04/2003 by in category Crônicas tagged as , , ,

Eu sou (A) galinha. Sim, (A)quela! Vim botar ordem no galinheiro. Acabar com a polêmica. Quem nasceu primeiro? Eu, claro! Vocês são imagem e semelhança, logo, são euvo. Antes deu botar vocês em pé, nem antes tinha. Outra coisa! Não abandonei ninguém. Se querem abandono, abandonem essa ideia! O universo é ioiovo. Eu boto, aparece, […]

0 0 Read more

Sentido da vida

08/04/2003 by in category Poemas tagged as , ,

Arrumar a mesa só faz sentido quando vem alguém para o jantar Espumar de raiva só faz sentido quando tem quem matar Passar perfume só faz sentido para provocar o nariz alheio Esmurrar a porta só faz sentido quando tem outro no banheiro Xingar a mãe só faz sentido quanto a mãe não é nossa […]

0 0 Read more

Sobre o capim

08/04/2003 by in category Poemas tagged as , , ,

Ali, sobre o capim criatura sem umbigo e certidão Ali, sobre o capim o louco da carta de tarô Ali, sobre o capim a máquina do ser ou não ser  Ali, sobre o capim o experimento do gato de Schrödinger Ali, sobre o capim a galinha botou um ovo

0 0 Read more
© 2017 · Marcelo Ferrari