ÍNDICE (A-Z)

Tag: P

Pai ausente

11/04/2003 by in category Crônicas tagged as , , ,

Quando meu pai morreu, fiz questão de ver o corpo no local do óbito. Queria ver minha reação ao encarar a morte de alguém tão querido. Cheguei no local com bastante apreensão. O pessoal me conduziu até a sala onde ele estava, mas ele não estava. Seu peito vestia a mesma camisa, mas o sentimento […]

0 0 Read more

Pá pum próximo!

11/04/2003 by in category Crônicas tagged as , , ,

Usávamos capacetes e roupas de chuva. Parecíamos astronautas. Ninguém reparava. Éramos motoboys, éramos a rotina do cartório, éramos o lado de fora do balcão. O lado de dentro eram os robôs pá-pum-próximo. Documento. Pá-pum-próximo. Documento. Pá-pum-próximo. Documento. Pá-pum-próximo. Documento. Pá-pum-próximo. Documento. Pá-pum-próximo…. Haviam exceções, pessoas que pareciam enxergar na repetição de mesas, papéis, carimbos e capacetes, algum tipo de novidade invisível. Chegavam sorridentes, perfumadas […]

0 0 Read more

Paradoxo da segunda redação

11/04/2003 by in category Crônicas tagged as , ,

Na época de faculdade, nas provas de redação, primeiro eu fazia minha redação, depois, escrevia uma segunda redação e passava para um amigo. Ele sequer lia o que eu escrevia. Para ele, qualquer baboseira era melhor do que ele mesmo escrevendo. O interesse dele não era pelo texto, era pelo diploma. Ele transcrevia minha redação […]

0 0 Read more

Parede

11/04/2003 by in category Poemas, Vídeos tagged as , ,

Quer fazer a diferença? Construa uma parede. Quer mudar o mundo? Pinte sua parede de amarelo manga. Quer ensinar o tom certo? Escreva a teoria do amarelo manga na parede. Quer que todos leiam? Coloque a parede no meio da rua. Quer transformar sua teoria em religião? Fale mal da parede dos outros. Quer ser […]

0 0 Read more

Passando do pronto

11/04/2003 by in category Poemas, Vídeos tagged as , ,

Não estou pronto eu dizia assim como você. Exatamente assim como você. Eternamente assim esperando como você. O que? Não sei. Virei noites me guardando me aguardando. Primeiro era preciso precisão estar pronto temperado ao ponto preparado cadarço amarrado Coincidentemente assim como você quando encontrava a resposta mudava a pergunta quando acertava a barra da […]

0 0 Read more

Patacaparau

11/04/2003 by in category Poemas tagged as , , , ,

Tá fóda! Tá, tá, fóda!  Fase mundana. Sabe comé, subindo pelas paredes. Fóda! Fóda! Muito fóda! Desculpe os palavrões mas palavrinha é de foder! Palavrinha é fóda! Palavrinha é caralho de asa! Patacaparau? Não! PQP? Menos ainda! Puta-que-o-pariu mesmo! Puta-que-o-pariu no replay. Puta-que-o-pariu sem reticências. Puta-que-o-pariiiiiiiiuuuu com pedal de distorção. Tá fóda! Tá, tá, fóda! Saca Clarice? Leio feito […]

0 0 Read more

Patologia

11/04/2003 by in category Poemas tagged as , ,

— O pato flutua no lago porque suas penas isolam a gravidade — ele disse grávido da ideia. E não disse a mim disse apenas sem sentir o peso da patologia nem a gravidade do que dizia.

0 0 Read more

Pecado de poeta

11/04/2003 by in category Poemas tagged as , , , ,

Não se envaideça a mão também escreve o poema a narina, o fígado o café da manhã a notícia lida de ponta cabeça. Não se envaideça com o troféu com as palmas não amarre a alma na obrigação de atingir uma meta. Aliás, errado se envaideça sim mas não sozinho vá até a praça multiplique e compartilhe o […]

0 0 Read more

Pedro pedreiro

11/04/2003 by in category Contos, Vídeos tagged as , , , ,

Pedi para tirar as botas ortopédicas. Queria brincar na terra. Foi nesse momento que minha mãe resolveu me dar um presente que mudaria minha vida. Um tijolo. Tinha mais ou menos uns vinte centímetros de comprimento, dez de largura, pesava em torno de oitocentos gramas e no meio estava escrito em alto-relevo: “Bom menino não se […]

0 0 Read more

Perdoeu

11/04/2003 by in category Poemas tagged as , , ,

Você disse que eu não abri a porta do carro não pisquei feito vaga-lume não reparei no esmalte não me excitei com o cheiro do perfume e por isso doeu. Me perdoe por ter machucado você sendo eu. Você disse que eu não paguei o cinema não fui super, mega, ultra não li sua cabeça […]

0 0 Read more
© 2017 · Marcelo Ferrari