Tag: Mentira

Admita

26/04/2003 by in category Imperativos, Poemas, Vídeos tagged as , , , ,

Primeiramente admita seu medo de admitir coleita que controla o limite da sua sinceridade. Segundamente  admita que mente que mentiu ontem quando disse à joão que pedro mora no seu coração de pedra. Admita seu espírito de porco anti-olímpico que não sabe perder mas finge que sabe. Admita que várias vezes várias vezes várias vezes inclusive agora […]

0 0 Read more

Baile de máscaras

25/04/2003 by in category Crônicas, Vídeos tagged as ,

O homem com máscara de empresário sai pela rua com os vidros do carro fechados. Seu sistema imunológico metaboliza títulos em ordem alfabética. A mão com máscara de coitada bate na janela, mas o chofer com máscara de fiel diz que hoje não. O farol abre. Na esquina, o homem com máscara de síndico conversa com […]

0 0 Read more

Bhagavad grita

25/04/2003 by in category Poemas tagged as , , ,

Stanley Kubrick arremessou o osso no espaço e não há mais espaço para o ócio. Galinhas produzem ovos para produzir omeletes para produzir restaurantes para produzir homens para produzir (a) verdade. Steven Spielberg foi de volta para o futuro e não há mais tempo para o presente. Galinhas para devir ovos para devir omeletes para […]

0 0 Read more

Bolinha de isopor

25/04/2003 by in category Poemas, Vídeos tagged as ,

Tentei transpor meu sofrimento para uma bolinha de isopor acreditando que apartado do desconforto isopoderia viver de verdade por fingir de morto. Tentei transpor meu sofrimento para uma bolinha de isopor acreditando que apartado do pranto isopoderia viver de verdade por fingir de santo. Tentei transpor meu sofrimento para uma bolinha de isopor acreditando que apartado do canhoto […]

0 0 Read more

Céu de aspirina

24/04/2003 by in category Poemas tagged as , , ,

Bobo, bobo, bobo me distraia contando fofocas babaleias dando cambalhota e caindo feito bosta. Bobo, bobo, bobo meu vicio é ruim mas é meu me mata mas aos poucos e não tenho pressa. Bobo, bobo, bobo não obrigado! mil vezes ver meu poder e pudor cagado pelo seu descaso e humor. Bobo, bobo, bobo não quero […]

0 0 Read more

Deus na caixa

23/04/2003 by in category Poemas tagged as , , ,

Deus com caixa alta colocamos no trono de luz deus com caixa baixa colocamos na cruz. Deus com caixa alta retiramos o ego deus com caixa baixa batemos um prego. Deus com caixa alta é causa do ato deus com caixa baixa paga o pato. Deus com caixa alta recebe louvor e pódio deus com […]

0 0 Read more

Dinheiro é papel com tinta

23/04/2003 by in category Músicas tagged as , ,

Música e letra: Marcelo Ferrari Voz: Marcelo Ferrari Baixo: Josias Oliveira Bateria: Ricardo Amorim Guitarra: André Ricardo Back Vocal: Clebinho Carvalho Edição clip: Marcelo Ferrari Dinheiro é papel com tinta A grana não me engana, mas tenta Dinheiro é papel com tinta magenta e gosto de pimenta Reflita! Dinheiro é um artefato Dinheiro é um boato Dinheiro […]

0 0 Read more

Dorlícia jogou a toalha

23/04/2003 by in category Crônicas tagged as , , ,

Por melhor atriz que fosse, não conseguia esconder a mentira. “Por favor, me digam o que vocês querem, meu papel aqui é só ajudar vocês!”. Por melhor atriz que fosse, seu tom de voz jogava tomate na sua cena de prostituta. Como ensinar orgasmo sentindo tpm? Dorlícia não estava lá só para ajudar. Ser humano […]

0 0 Read more

First, last, everything

21/04/2003 by in category Poemas tagged as , ,

Ranei, iés! Poderia lhe dizer: — My first, my last, my everything. Then acender um cigarrets montado em minha mototorcicle cor de donkey quando foge of corse. Ranei, iés! Você to be in love. Sonharia com meus kisses vestida de noiva correndo pela beach deserta som de elvis presley na fase fat. Ranei, iés! Poderia […]

0 0 Read more

Fato consumado

21/04/2003 by in category Poemas tagged as ,

O que você não queria ter feito já está feito perfeitamente do jeito que você não queria. O que você não devia ter feito já está feito perfeitamente do jeito que você não devia. O que você não podia ter feito já está feito perfeitamente do jeito que você não podia.

0 0 Read more
12