ÍNDICE (A-Z)

Tag: Eu

Baú

25/04/2003 by in category Músicas tagged as , , , ,

Eu tenho um baú cheio de perguntas sem respostas Eu carrego nas costas um universo que eu não conheço Eu fujo e pago o preço do que acho como capim mas em cada pergunta eu guardo um pedaço… De mim, de você, de todos nós um pedaço desta voz que só quer saber porque e […]

0 0 Read more

Brincadeiras

25/04/2003 by in category Poemas tagged as , , ,

A primeira cadeira é pequenamas é minha.A segunda cadeira não é minha mas tem espaço de sobra. A terceira cadeira é de ninguém.Sento na cadeira que não é minha ponho os pés na cadeira genéricae fico olhando para primeira cadeira que é pequenamas é minha.

0 0 Read more

Caixa mágica

24/04/2003 by in category Poemas, Vídeos tagged as , , , ,

Nunca vou chegar a ser adulto  completamente  vou ficar sempre sentado na cabeça de um  olhando para bunda do outro. Nunca vou chegar a ser adulto  porque não tenho dom para fazer sala  porque prefiro brincar aos pés das visitas  porque peter pan mora dentro de mim  e zomba da minha sombra. Nunca vou chegar […]

0 0 Read more

Cara que risca os fósforos

24/04/2003 by in category Poemas, Vídeos tagged as , , , ,

Desde que me entendo por vela estou procurando o cara que risca os fósforos. Eis o fogo de minha angustia fogo que me consome, dia após dia. Dizem que minha busca é benéfica aos que me rodeiam que rega luz e calor no ambiente que me queimo por isto.  Foda-se a luz! Foda-se o ambiente! […]

0 0 Read more

Chato

24/04/2003 by in category Poemas, Vídeos tagged as , ,

Profissão? a moça me pergunta. Sou chato. Chato! Como chato? Chato, ué! Mala sem alça pentelho chato, chato, chato. Só faço o que quero e quando quero. Só gosto do que gosto e quando gosto. Só amo o que amo e quando amo. Só penso o que penso e quando penso. Sou chato chatonildo chatornaldo chatotô. […]

0 0 Read more

Como eu me sinto

24/04/2003 by in category Poemas tagged as , , , ,

Às vezes me sinto poeta as veias se dilatam a beleza entra e o redemoinho de bosta de galinha pincelado no terreiro faz lembrar van gogh. Sou uma criança segurando um algodão doce no parque de diversões. Às vezes me sinto gaveta as veias se trancam a beleza sai e a chuva de granizos caindo no telhado faz […]

0 0 Read more

Egoísmo maior (música)

22/04/2003 by in category Músicas tagged as , , , ,

Que o meu egoísmo seja tanto que abrace o universo inteiro. Que o meu egoísmo seja santo santo e verdadeiro Se o que eu quero é o que você quer então qual é o problema? Se eu não quero o que você não quer também Porque o dilema? Porque o dilema? Você fere e mata […]

0 0 Read more

Eu crente

22/04/2003 by in category Poemas tagged as , , , ,

Eu acredito em bacalhau. Juro por tudo que há de mais salgado. Gomes de Sá não me deixa mentir.  Como bom brasileiro acredito em banana: natural, frita, nanica e dourada na manteiga.  Banana verde, não. Dá azia. Acredito em tomate com sal. Pizza com tomate  e torta de tomate. Suco de tomate é alucinação  coisa de baba […]

0 0 Read more

Eu maior

22/04/2003 by in category Contos tagged as , ,

Você estava pelado no meio da praça desafiando o comércio e o bom-senso. Me aproximei. Seu olhar era distante de tudo menos de mim. Você me encarou como se estivesse me esperando há séculos, sorriu e colocou um envelope em minhas mãos. Depois sumiu na multidão. Sentei na escadaria encardida da praça. Abri sua carta. […]

0 0 Read more

Eu vejo você

22/04/2003 by in category Poemas tagged as , ,

Quando seu olhar tornou-se estranho? Como meu olhar retornou parede? Por que os olhos entornam estanho se nosso olhar sede? Quando seu olhar ficou ausente? Como meu olhar estelionato? Por que os olhos apenas lentes se nosso olhar contato? Quando seu olhar me alfinete? Como meu olhar cabra-cega? Por que os olhos vodu se nosso […]

0 0 Read more
© 2017 · Marcelo Ferrari