Tag: Aprendizagem

Errar faz parte

22/04/2003 by in category Músicas tagged as , , ,

Errar faz parte da mesma moeda É a única coisa certa até se provar contrário E o contrário também é certo E assim por diante sempre a mesma variante É por isso que um errante nunca pode estar errado até o próximo instante Errar faz parte de estar certo Maneira de descobrir o que se […]

0 0 Read more

Redação musical

09/04/2003 by in category Crônicas tagged as , , ,

Ele colocou um violão no meu colo e disse, como se estivesse dizendo a coisa mais óbvia do mundo: “Toca uma pergunta!” . Fiz cara de bundalelê e fiquei olhando para o violão. Meu amigo se tocou e me ajudou: “Faz uma frase musical!”. Ah! Claro! Simples assim! Nem sabia por onde começar. “Faz qualquer coisa!”, ele […]

0 0 Read more

Ser Humano Futebol Bola

08/04/2003 by in category Crônicas, SHFC tagged as , , ,

Vamos retirar a bola do jogo. O que acontece? Nada acontece. Não adianta ter campo e jogadores para jogar se não tem bola. Sem ball não tem futebol. A bola não é do jogo, a bola é o jogo. É a bola que é jogada para lá e para cá. Jogar futebol, resumidamente falando, é […]

0 0 Read more

Veia poética

05/04/2003 by in category Crônicas tagged as ,

A professora leu minha redação e disse que eu tinha veia poética. Imediatamente vesti a blusa da escola. Minha turma era da pesada. Eu tinha uma reputação a zelar. Um cara como eu, com veia poética, pegava mal. Mas quando a aula acabou, fui falar com a professora. Perguntei o que era poesia. Abrindo o livro […]

0 0 Read more

AUTOR


Meu nome é Marcelo Ferrari. Nasci ontem. Quando fiz dez anos, completei dezoito. Tenho um chinelo azul com alça vermelha que não serve para poesia. Escrevo o que a inspiração põe e a expiração tira. Não uso heterônimos, sou usado por eles. Só sei ser sendo, dançar dançando, escrever escrevendo e ferrari ferrariando. Minha literatura não é pá pum e pronto! É pá pum escreve. Pá pum lê. Pá pum edita. Pá pum relê. Pá pum reedita. Pá pum rerelê. Pá pum rereedita. Até que pá puta que pari! Nunca estarei ponto! E pronto! Me imagine tocando violão. Sempre. Ininterruptamente.

        

Scroll Up