Sete estágios da rebelião de Lúcifer

08/04/2003 by in category Poemas tagged as , , , , with 0 and 0

1º ESTÁGIO

Amar você? Nem fodendo!

2º ESTÁGIO

Amar você? Vai tomá no cu! Eu pedi para você me criar? Pedi? E você me criou para que? Para satisfazer seu sadismo acima de todas as coisas? Vai se fodê!

3º ESTÁGIO

Se quer mesmo que eu te ame, podemos dar um jeito. Podemos entrar num acordo. Você facilita para mim e paro de falar mal de você. E mais! Vou na igreja, acendo vela, dou comida para os famintos. Que tal? Não!? Poooorra! Você também não colabora! Depois diz que o egoísta sou eu. Na boa, chefe, temos um acordo?

4º ESTÁGIO

Você tá falando sério? Que merda! Que bosta! Que caralho! Fodeu! Fodeu! Fodeeeeeeeeeeeu!

5º ESTÁGIO

Quer saber? Foda-se! Tô nem ai. Quer me chutar? Chuta. Quer me mastigar? Mastiga. Fique a vontade. Problema seu! Foda-se! Tanto faz. Tô cagando. Desisto!

6º ESTÁGIO

Amar você! Claro! Entendi. Que vergonha! Sou o filho pródigo. 

7º ESTÁGIO

Eu te amo. 

Leia mais:
Praça Árgada Na Praça Árgada todo mundo quer ser beatles celebridade, receber os lo...
Sem palavras Se fosse possível falar sem palavras como o vento Se fosse possível...
Se rimou é verdade Não importa se o poema tem propriedade. Não importa se falta originalidade. ...
Espalhe a palavra!

AUTOR


Meu nome é Marcelo Ferrari. Nasci ontem. Quando fiz dez anos, completei dezoito. Tenho um chinelo azul com alça vermelha que não serve para poesia. Escrevo o que a inspiração põe e a expiração tira. Não uso heterônimos, sou usado por eles. Só sei ser sendo, dançar dançando, escrever escrevendo e ferrari ferrariando. Minha literatura não é pá pum e pronto! É pá pum escreve. Pá pum lê. Pá pum edita. Pá pum relê. Pá pum reedita. Pá pum rerelê. Pá pum rereedita. Até que pá puta que pari! Nunca estarei ponto! E pronto! Me imagine tocando violão. Sempre. Ininterruptamente.

        

Scroll Up