Imperativos

Acredite no que quiser: você é livre para isso. O que vem para você, vem só para você. É convite vip, ninguém recebe o mesmo. O que vem para você, é semente de você mesmo. É o apito do trem louco. O que vem, o que vem, o que vem é chamado para novas estações ...
Ler | Ouvir | Assistir | Compartilhar
Primeiramente admita seu medo de admitir coleira que controla o limite da sua sinceridade. Segundamente admita que mente que mentiu ontem quando disse à João que Pedro mora no seu coração de pedra. Admita seu espírito de porco anti-olímpico que não sabe perder mas finge que sabe. Admita que várias vezes várias vezes ...
Ler | Ouvir | Assistir | Compartilhar
Caminhe, homem.  Assim como contam seus irmãos de pés cascudos. Assim como sonham seus irmãos de pés de seda. Caminhe ereto,  com a sombra amarrada aos calcanhares, com olhos de girassol, com o couro desgastando feito sabão  seguindo a regra três:  onde o menos vale mais. Caminhe, homem.  Lábios calados em punho, ...
Ler | Ouvir | Assistir | Compartilhar
Dê o que tiver o que só você pode dar: ímpar. Dê espaço ao sufocado desconto ao freguês olhar quarenta e três bolacha mordida na metade ombro mil e uma utilidades. Dê beijo, abraço salada mista sincera devoção a trindade seu dinheiro seu tamborim seu surdo seu violão. Dê, ciente que é remetente  e destinatário. Não ...
Ler | Ouvir | Assistir | Compartilhar
Você acredita que a resposta  está no livro do coelho? No disco do lobão? No horóscopo chinês? Na poesia russa? Num evangelho que ainda não foi escrito por um cara que ainda não nasceu que mora num planeta que ainda não foi descoberto? Desista! Não sei quem foi que lhe ...
Ler | Ouvir | Assistir | Compartilhar
Erre! Com dois erres. Com todas as letras. Mije fora do vaso. Mire fora do alvo. Ninguém nasce pecado original para viver de fotocópia. E dai que os cisnes são brancos? E dai que o patinho é feio? Pato, pateta, patético, é ser morador do infinito e nadar em fila ...
Ler | Ouvir | Assistir | Compartilhar
© 2018 · Marcelo Ferrari