Quando meu povo samba

10/04/2003 by in category Músicas tagged as , , , , with 0 and 0

Quando meu povo samba
o chão estremece
o pandeiro na mão
divide o tempo
no cavaco um lamento
me lembra João
que toca por vocação
mas não faz o sustento

Quando meu povo samba
é pura alegria
fato e fantasia
numa só avenida
ver meu povo sambando
me lembra Maria
misturando iguarias
pra fazer a comida

Meu povo lava a alma no samba
meu povo bate palma e descamba
o goleiro espalma
e a gente perde a calma
e grita: caramba!

Créditos

   

Leia mais:
Só preciso de quatro... Lâmpada precisa de cem. Loteria precisa de seis. Eu só preciso de quatro.Vog...
Porque desisti de se... Quando ainda era cria de um anjo reto, fiz algumas oficinas de literatura na...
Compreenção com cedi... Socorro parou em frente a gôndola. Encarou o fetiche de páscoa. Com aquele d...
Espalhe a palavra!

AUTOR


Meu nome é Marcelo Ferrari. Nasci ontem. Quando fiz dez anos, completei dezoito. Tenho um chinelo azul com alça vermelha que não serve para poesia. Escrevo o que a inspiração põe e a expiração tira. Não uso heterônimos, sou usado por eles. Só sei ser sendo, dançar dançando, escrever escrevendo e ferrari ferrariando. Minha literatura não é pá pum e pronto! É pá pum escreve. Pá pum lê. Pá pum edita. Pá pum relê. Pá pum reedita. Pá pum rerelê. Pá pum rereedita. Até que pá puta que pari! Nunca estarei ponto! E pronto! Me imagine tocando violão. Sempre. Ininterruptamente.

        

Scroll Up