Boacumba

Boacumba para curar reclamação

Ingredientes:Sal grosso, um saco plástico (dos grandes), 1 caderno, 1 lápis, 1 cadeira, 1 régua de 30 cm, 1 giz branco, 1 caneca, 1 mala sem alça.Preparo:Durante um mês, toda vez...

Boacumba para matar segunda feira

Ingredientes:Amido de milho Mãe Zena, pipoca, tesoura, um boneco voodoo do seu chefe, um despertador quebrado, sal, chocolate do padre, primeira e segunda temporada da sua série preferida de...

Boacumba para recarregar pilhas

Ingredientes: 1 dúzia de pilhas recarregáveis descarregadas, 1/2 dúzia de recarregadores de pilhas, 1 tambor do Olodum, várias pedras coloridas, 2 dúzias de pães, 1 lata de tinta branca...

Boacumba para salvar a humanidade

Ingredientes:Vergonha (em pó), 2 atitudes (em cápsulas), 1 caneta esferográfica, 1 cartela de etiquetas (24 unidades), 1 mundo inteiro, 2 dúzias de bonecos voodoo, 1 MP3 da música “Manhãs...

Boacumba para vencer vícios

Ingredientes:1 caixa de Bis1 pacote de Doritos.Edição completa do seriado Lost.Preparo:Coloque o primeiro episódio da primeira temporada do seriado Lost no seu aparelho de DVD. Sente-se no sofá. Coloque...

Boacumba para lavar a alma

Ingredientes: 3 baldes, 1 consciência, 1 filme água com açúcar.Preparo: Antes de lavar sua alma verifique os bolsos, para evitar que fique sujeira por dentro. Separe as camadas de...

Boacumba para transformar adulto em criança

Ingredientes:Um galho de rotina, duas colheres de hábitos bem secos, meia dúzia de teias de aranha do sofá da sala, um par de kichutes (ou similar), uma toalha vermelha...

Espalhe a palavra!

Marcelo Ferrari


Nasci ontem. Quando fiz dez anos, completei dezoito. Tenho um chinelo azul com alça vermelha que não serve para poesia. Escrevo o que a inspiração põe e a expiração tira. Não uso heterônimos, sou usado por eles. Só sei ser sendo, dançar dançando, escrever escrevendo e ferrari ferrariando. Minha literatura não é pá pum e pronto! É pá pum escreve. Pá pum lê. Pá pum edita. Pá pum relê. Pá pum reedita. Pá pum rerelê. Pá pum rereedita. Até que pá puta que pari! Nunca estarei ponto! E pronto! Me imagine tocando violão. Sempre. Ininterruptamente.

emailferrari@yahoo.com.br
 

    


© 2017 · FERRARIANDO · Marcelo Ferrari
Scroll Up