ÍNDICE

Poema Banguela (para ler de pé e entender deitado)

11/04/2003 by in category Poemas tagged as , , , with 0 and 0

No futuro
você não fala mais
Perdeu os dentes
Não importa o quanto tente
Você que tanto fez
agora tanto faz.

Você é um rádio
quebrado
e encardido
que só sabe
tossir e chiar 
o vivido.

Você que foi
“uma brasa, mora?” 
agora é um
mala sem alça
que peida fora
de hora.

Então, no presente
se você tem dentes 
e fome de futuro:
calma, ôme!
Sua vida é uma fruta
que quanto mais 
você morde
mais ela te come.

Leia mais: