Nunca menti

13/04/2003 by in category Poemas, Vídeos tagged as , , with 0 and 0

Li e concordo com os termos de uso.
Não gosto de doritos.
Finalmente aprendi a tocar
Stairway to Heaven.
Uso fio dental após a escovação.
Adoro chá de boldo!
Não tenho inveja das composições
do Chico Buarque
nem da vida sexual
do Fábio Junior.
A culpa é minha, eu assumo.
Entrego, confio, aceito e agradeço.
Claro que lembro do seu nome!
Prometo que só vou comer um bis.
Adoro chá de carqueja!
Meu outro carro é uma ferrari.
Estou gravido.
O pai é a madona.
Nunca menti.

Leia mais:
Deus na caixa Deus com caixa alta colocamos no trono de luz deus com caixa baixa colocamos...
Admita Primeiramente admita seu medo de admitir coleira que controla o limite ...
First, last, everyth... Ranei, iés! Poderia lhe dizer: — My first, my last, my everything. The...
Espalhe a palavra!

AUTOR


Meu nome é Marcelo Ferrari. Nasci ontem. Quando fiz dez anos, completei dezoito. Tenho um chinelo azul com alça vermelha que não serve para poesia. Escrevo o que a inspiração põe e a expiração tira. Não uso heterônimos, sou usado por eles. Só sei ser sendo, dançar dançando, escrever escrevendo e ferrari ferrariando. Minha literatura não é pá pum e pronto! É pá pum escreve. Pá pum lê. Pá pum edita. Pá pum relê. Pá pum reedita. Pá pum rerelê. Pá pum rereedita. Até que pá puta que pari! Nunca estarei ponto! E pronto! Me imagine tocando violão. Sempre. Ininterruptamente.

        

Scroll Up