ÍNDICE

Nono funk do MC Betão

13/04/2003 by in category Diálogos tagged as , , with 0 and 0

Beethoven entrega as partituras da nona sinfonia ao produtor da gravadora.

— Fala sério, Beethoven, precisa disso tudo?
— Claro que precisa! É uma obra de arte.
— E aquele dinheiro que te prometi? Está precisando daquele dinheiro também?
— Sim, muito!
— Então melhor a gente diminuir essa banda.
— Não é uma banda, é uma orquestra!
— Tanto faz. Vamos diminuir isso! Vamos fazer uns cortes!
— Nem fodendo.
— E se aquele dinheiro não vier?
— Dai fodeu!
— Ótimo! Então vamos aos cortes.
— Quais instrumentos você propõe tirar?
— Deixa eu ver! Esse aqui tira, esse também, esses dois não precisa, tira esse aqui, tira esse também, mais esses três instrumentos aqui, esse também. Pronto!
— Só ficou a partitura da percussão!!!
— Isso! Que mais precisa? Um batidão forte e vamo que vamo!
— E a melodia? Como vai ter música sem melodia.
— E o dinheiro? Como vai ter dinheiro sem música?
— Mas são quatro movimentos: prestíssimo, presto, allegro e largo.
— Pô, Beethoven, aí é você que está economizando. Só quatro?!
— Sinfonia só tem quatro movimentos.
— Coisa mais careta! Pode colocar mais movimento ai!
— O que você sugere?
— Mão no joelho, mão na cabeça, mão no bumbum, agacha, levanta, requebra, faz o quadradinho. E por ai vai… Quanto mais movimento melhor.
— Que tal se eu colocar meu dedo anular no seu cu? Que tal esse movimento?
— Que tal se eu colocar seu dinheiro na minha conta bancária?
— Tempos difíceis esses, einh?
— Sim! E por falar em tempo, quanto tempo dura essa sinfonia?
— No total, quase uma hora.
— Tem que diminuir isso.
— Não mesmo!
— Ou você diminui a música, ou diminuo seu pagamento.
— Trinta minutos.
— Um pouquinho menos.
— Quinze minutos.
— Diminui mais um pouquinho.
— Puf! Cinco!
— Três minutos e não se fala mais nisso.
— E como eu faço para encaixar essa letra toda em uma música de três minutos.
— Ah! Isso é fácil, consoante não tem som de nada.
— Sim, e daí?
— Corta todas as consoantes da letra e deixa só as vogais.
— Vai ficar um monte de vogal igual!
— Daí você corta as repetidas.
— Vai ficar: a, e, i, o, u.
— Sensacional. Isso mesmo! Batidão… aê aê… Mais batidão… iô iô… E pra terminar: uuuu!
— É isso que vai ser a nona sinfonia de Beethoven?
— Pera! Sinfonia não! Sinfonia espanta a galera! Vamos chamar de funk que é mais curtição.
— A música vai se chamar Novo Funk de Beethoven?
— Pera! Não leva a mal, mas Beethoven dá ruim. Parece nome de eletrodoméstico da Brastemp. Geladeira Beethoven Frost Free, tão silenciosa que você vai achar que ficou surdo. Beethoven não dá não. Precisamos usar um nome artístico.
— Imagino que também tenha uma sugestão de nome artístico.
— Tenho sim.
— Pode dizer.
— Sugiro trocar “maestro” por “MC” e “Beethoven” por “Betão”.
— Nono Funk do MC Betão!
— E ai, que tal?
— Ficou uma merda!
— Que nada! Vai bombar no youtube!
— E daí?
— Você vai ficar rico, Betão!

Leia mais: