Mano menos

14/04/2003 by in category Poemas tagged as , , with 0 and 0

Mano, menos favela!
Sofrimento não tem classe social.

Mano, menos senzala!
Sofrimento não tem cor.

Mano, menos tpm!
Sofrimento não tem sexo.

Mano, menos geriatria!
Sofrimento não tem idade.

Mano, menos aleijado!
Sofrimento não tem pé nem cabeça.

Mano, menos ladainha!
Sofrimento não tem religião.

Mano, menos marx!
Sofrimento não tem partido.

Mano, menos menos!
Sofrimento não é privilégio seu.

Leia mais:
Mesmo Mesmo te odiando posso te amar Mesmo não querendo posso te beijar Mesm...
Bolinha de isopor Tentei transpor meu sofrimento para uma bolinha de isopor acreditando ...
Deus na caixa Deus com caixa alta colocamos no trono de luz deus com caixa baixa colocamos...
Espalhe a palavra!

Marcelo Ferrari


Nasci ontem. Quando fiz dez anos, completei dezoito. Tenho um chinelo azul com alça vermelha que não serve para poesia. Escrevo o que a inspiração põe e a expiração tira. Não uso heterônimos, sou usado por eles. Só sei ser sendo, dançar dançando, escrever escrevendo e ferrari ferrariando. Minha literatura não é pá pum e pronto! É pá pum escreve. Pá pum lê. Pá pum edita. Pá pum relê. Pá pum reedita. Pá pum rerelê. Pá pum rereedita. Até que pá puta que pari! Nunca estarei ponto! E pronto! Me imagine tocando violão. Sempre. Ininterruptamente.

emailferrari@yahoo.com.br
 

    


© 2017 · FERRARIANDO · Marcelo Ferrari
Scroll Up