Eu te amigo

22/04/2003 by in category Poemas tagged as , , , , with 0 and 0

Não quero só sexo
Não quero entrar na sua vida
pelo mesmo buraco
que saí para minha

Só sexo eu compro
por um e noventa e nove
com mulheres infláveis
com mulheres infalíveis
com mulheres que caem de boca
sem olhar nos olhos

Não quero troca-troca
Quero roubar sua intimidade
ouvindo o som do seu xixi
assistindo seus tics e tocs
apalpando a textura da camiseta
que você usa para dormir
sentindo o cheiro da sua pele
sem perfume
e ficando cara a cara 
com seu amor
sem maquiagem

Sou um homem insaciável
Quero passar meus dias
penetrando no seu jeito de ser
e transando com sua
singularidade

Só sexo não me basta
quero o que não está desenhado
nas páginas do kama sutra
Quero contar com você
Quero que conte comigo
Quero ser seu amigo

Leia mais:
Quanto é preciso par... Quanto é preciso para ser feliz Um, dois, três, quatro, cinco, seis, co...
Contado nos dedos O amor que você me deu ainda não acabou transformei-o em cajuzinhos est...
Casal maior da const... Tenho uma amiga, terapeuta de constelação familiar, que parece um disco risc...
Espalhe a palavra!

Marcelo Ferrari


Nasci ontem. Quando fiz dez anos, completei dezoito. Tenho um chinelo azul com alça vermelha que não serve para poesia. Escrevo o que a inspiração põe e a expiração tira. Não uso heterônimos, sou usado por eles. Só sei ser sendo, dançar dançando, escrever escrevendo e ferrari ferrariando. Minha literatura não é pá pum e pronto! É pá pum escreve. Pá pum lê. Pá pum edita. Pá pum relê. Pá pum reedita. Pá pum rerelê. Pá pum rereedita. Até que pá puta que pari! Nunca estarei ponto! E pronto! Me imagine tocando violão. Sempre. Ininterruptamente.

emailferrari@yahoo.com.br
 

    


© 2017 · FERRARIANDO · Marcelo Ferrari
Scroll Up