Eu maior

22/04/2003 by in category Contos tagged as , with 0 and 0

Pelado, no meio da praça, desafiava o comércio e o bom-senso. Me aproximei. Seu olhar era distante de tudo, menos de mim. Me encarou como se estivesse me esperando há séculos. Sorriu e colocou um envelope em minhas mãos. Depois sumiu na multidão. Sentei na escadaria e abri a carta. Havia um bilhete escrito: eu = eu + outro. Tirei a roupa e fui para o meio da praça. Você apareceu.

Relacionados