Brincadeiras

25/04/2003 by in category Poemas tagged as , , with 0 and 0

A primeira cadeira
é pequena
mas é minha.
A segunda cadeira
não é minha
mas tem espaço
de sobra.
A terceira cadeira
é de ninguém.
Sento na cadeira
que não é minha
ponho os pés
na cadeira genérica
e fico olhando
para primeira cadeira
que é pequena
mas é minha.

Relacionados