A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

L

M

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

X

Y

Z


Daily Archives: 24/04/2003

Cada poeta

24/04/2003 by na categoria Poemas tagged as , , ,

Cada poeta tem seu jeito de ir longe no perto e abrir deserto. Cada poeta tem seu jeito de dar nó em milagre ensaboado. Cada poeta tem seu jeito de ficar desapontado feito grafite. Cada poeta tem seu jeito de ver chifre em cabeça de intervalo. Cada poeta tem cem jeitos de consertar o perfeito com a unha.

0 0 Read more

Cadê os Caras?

24/04/2003 by na categoria Crônicas tagged as , , , ,

Cadê os Caras? Não sei! Ninguém sabe! Sei que os Caras estão na política, na religião, na cultura, na pequena e na grande área. Sei que os Caras são uns filhos da puta, que são foda, que não entendem porra nenhuma. Sei que a culpa é dos Caras. Claro! É óbvio que a culpa é […]

0 0 Read more

Caga regra

24/04/2003 by na categoria Poemas tagged as , , ,

Caga regra decretou: cu (com acento) não caga não pia não peida. Eu comi eu bebi eu pensi: foda-si! Ameme assim ou amém. O sol bate igualmente na privada na bosta na coroa no cu com no cu sem acento. Eu comi eu bebi eu pensi: fodeu-si obrigadeiro. Quem caga é que sente o cheiro.

0 0 Read more

Cagando na retranca

24/04/2003 by na categoria Crônicas, Vídeos tagged as , , , ,

Podemos ser pés no chão, ao invés de reis da barriga. Podemos decretar a lei de nash, ao invés da lei do gerson. Podemos ser transparentes, ao invés de sorrir amarelo. Podemos nos oferecer em banquete, ao invés de ficar de olho no feijão do vizinho. Podemos usar o dinheiro, ao invés de sermos usados […]

0 0 Read more

Caixa mágica

24/04/2003 by na categoria Poemas, Vídeos tagged as , , , ,

Nunca vou chegar a ser adulto  completamente  vou ficar sempre sentado na cabeça de um  olhando para bunda do outro. Nunca vou chegar a ser adulto  porque não tenho dom para fazer sala  porque prefiro brincar aos pés das visitas  porque peter pan mora dentro de mim  e zomba da minha sombra. Nunca vou chegar […]

0 0 Read more

Caminhe homem

24/04/2003 by na categoria Imperativos, Poemas, Vídeos tagged as , , , ,

Caminhe, homem.  Assim como contam seus irmãos de pés cascudos. Assim como sonham seus irmãos de pés de seda. Caminhe ereto,  com a sombra amarrada aos calcanhares, com olhos de girassol, com o couro desgastando feito sabão  seguindo a regra três:  onde o menos vale mais. Caminhe, homem.  Lábios calados em punho, corpo cajado em prumo, passo […]

0 0 Read more

Cara da balada com o Kinder Ovo na mão

24/04/2003 by na categoria Crônicas, Vídeos tagged as , ,

O cara da balada com o kinder ovo na mão é filho do dono da TAM, é filho do dono da Brastemp, é o filho da puta que ganhou na megasena acumulada.  O cara da balada com o kinder ovo na mão é o ganhador do nobel de literatura, é o ganhador do oscar de […]

0 0 Read more

Cara que risca os fósforos

24/04/2003 by na categoria Poemas, Vídeos tagged as , , , ,

Desde que me entendo por vela estou procurando o cara que risca os fósforos. Eis o fogo de minha angustia fogo que me consome, dia após dia. Dizem que minha busca é benéfica aos que me rodeiam que rega luz e calor no ambiente que me queimo por isto.  Foda-se a luz! Foda-se o ambiente! […]

0 0 Read more

Carnaval das galinhas

24/04/2003 by na categoria Crônicas tagged as , , , , , ,

Donana vira o balde em posição de tambor e começa a batucar uma folia de reis. As galinhas, hipnotizadas pelo som, vão surgindo das árvores, das cestas, das moitas e até de outras dimensões. Donana enche o balde com grãos de milho, remexe os grãos com a mão e o tambor vira um chocalho. As […]

0 0 Read more

Carta a quem se presta

24/04/2003 by na categoria Poemas tagged as , , , ,

Recentemente recebi carta de gente correta que se presta e se farta em dizer que só atraio gente que não presta. Gente que não presta! Entende? Gente que por descrer no clã vigente por diferente gente ser só resta imediatamente ser barrada na festa. Respondo em aberto e urgente para essa gente separada. Quem está […]

0 0 Read more
© 2018 · Marcelo Ferrari